Veja mais De cem Sugestões Para você

Veja mais De cem Sugestões Para você 2

Saiba Como Escolher O Seguro Perfeito Pra Sua Moradia – Morar

O Palácio Ducal (em italiano: Palazzo Ducale) de Mântua é um palácio ducal, constituído por um conjunto de edifícios, pela cidade italiana de Mântua, Lombardia. Foi fabricado entre o século XIV e o século XVII pela nobre família dos Gonzaga como tua casa principal pela capital do seu ducado. continuar lendo isso.. edifícios estão ligados por corredores e galerias, enriquecidos por pátios interiores e amplos jardins. O complexo acrescenta por volta de 500 salas e ocupa uma área com mais ou menos 34.000 m2. Apesar de ser mais conhecido pelos afrescos de Mantegna na Camera degli Sposi (Sala dos Esposos), detém vários outros elementos arquitetónicos e pictóricos significativos. Torre do sino e igreja de Santa Bárbara.

As partes mais antigas do palácio são o Palazzo del Capitano (Palácio do Capitão), construido no começo do século XIV pelo Caitão do Povo Guido Buonacolsi (cuja família governou Mântua entre 1271 e 1328) e a Magna Domus. No desfecho do mesmo século, Bartolino da Novara, um dos mais populares arquitetos militares da data, ergueu o Castelo de São Jorge.

A Domus Nova foi concluída um século mais tarde por Luca Fancelli. Fancelli foi causador da quota chamada de Corte Nuova (Corte Nova), incluindo os aposentos ducais com os conhecidos ciclos de afrescos de Giulio Romano. A igreja de Santa Bárbara, que desempenhou o papel de capela palatina (Basílica Palatina) pros Gonzaga, foi desenhada por Giovan Battista Bertani.

  • Tem que-se ter treinamento pra tomar conta de caos
  • 28- Sala de Estar Com Móveis Espelhados
  • 18: Antônio Vieira, Sacerdote e Testemunha Profética, 1697
  • 16/20 (Roberto Wagner)
  • Avenida Dr. Homem de Melo, 446 – Perdizes
  • 132 Indicação de exclusão rápida pra página L’Aube Nouvelle
  • Pinta mais: pinta 2, 3 e quatro paredes ao mesmo tempo

XVI e XVII, o pintor e arquiteto Antonio Maria Viani desenvolveu os aposentos de Vicente I e as chamadas Sala das Metamorfoses e Loggia de Eleonora. Os Gonzaga viveram no palácio entre 1328 e 1707, quando a dinastia se extinguiu. Subsequentemente, os edifícios assistiram a um ligeiro declínio, o qual foi revertido no século XX com um método de restauro e a adaptação da área a museu.

Detalhe dos afrescos de Andrea Mantegna pela Camera degli Sposi do Palazzo Ducale di Mantova. Teto da Camera degli Sposi. Parede da corte. clique aqui . A entrada no palácio é feita pela Piazza Sordello, para a qual os edifícios mais antigos, o Palazzo do Capitano e a Magna Domus, abrem.

A Galleria Nuova é um corredor construido em 1778, por Giuseppe Piermarini, pra ligar o aposento Guastalla ao aposento do Duque. Esta acolhe vários adornos de altar, datadas do início do século XVI ao final do século XVIII, por Francesco Borgani, Carlo Bononi, Spagnoletto e outros. A galeria termina pela enorme Sala degli Arcieri (Sala dos Arqueiros), pela qual se encontrava o apartamento do Duque Vincenzo.

Esta galeria é famosa por uma obra de altar de Peter Paul Rubens (1605), originalmente porção de um tríptico da igreja da Santíssima Trindade pela cidade, retratando a “Família Gonzaga em Adoração à Santíssima Trindade”. Segue-se pois a Galleria degli Specchi (Galeria dos Espelhos): esta foi construida como uma loggia aberta sob Vincenzo I, com uma decoração neoclássica acrescentada entre 1773 e 1779. A abóbada foi pintada a fresco por 2 pupilos de Guido Reni. Esse texto é disponibilizado nos termos da licença Atribuição-CompartilhaIgual 3.0 Não Adaptada (CC BY-SA 3.0) da Creative Commons; pode estar sujeito a condições adicionais. Para mais fatos, consulte as condições de utilização.

“A lareira é de granito travertino e foi escolhida para dar unidade ao móvel, sem muito contraste de tonalidades”, explicam as designers de interiores Carmen Lauxen, Edina Navarini e Lizaine Burttet. você pode tentar aqui lareira dá certo à álcool. A lareira à lenha é da Dometal e compõe o espaço de 10 m² desta moradia em Curitiba (PR).

“A parte inferior foi revestida em mármore Carrara Bianco, as colunas laterais imprimem um tom mais clássico e os nichos valorizam materiais de estima do casal. No fim de contas, o painel central esconde o duto da lareira”, explicam as arquitetas Helaine Góes Pinterich e Ester Kloss. Embutida numa apoio de mármore bronze Armani, a lareira é encaixada na composição do móvel e painel de Televisão. “Acima dela há aplicação de vidro preto até a prancha superior, na qual transpassam os lustres de cristal”, contam as arquitetas Helaine Góes Pinterich e Ester Kloss. A sala de estar faz parcela do projeto de um apartamento em Curitiba (PR).

Compondo a sala de estar desse apartamento em Curitiba (PR), a lareira tem êxito à gás e tem pedras vulcânicas da Dometal. “ https://casaeconstrucao.org/artesanato/artesanato-em-tecido/ foi escolhida por ser resistente à altas temperaturas. Ela foi revestida em mármore Cioccolato e bem como esconde o duto”, https://casaeconstrucao.org/revestimentos/ceramica-para-cozinha/ as arquitetas Helaine Góes Pinterich e Ester Kloss. Inserida no home theater entre a sala de estar e jantar, a lareira ecológica funciona à apoio de biofluido.